Chico César lança DVD Estado de Poesia no Sesc Pinheiros

O Sesc Pinheiros recebe nos dias 8 e 9 de julho (sábado e domingo) o show de lançamento do DVD Estado de Poesia do cantor e compositor Chico César. As apresentações ocorrem no Teatro Paulo Autran e os ingressos custam entre R$ 15 (credencial plena do Sesc) e R$ 50 (inteira).

Estado de Poesia une a riqueza dos ritmos brasileiros à sonoridade universal. Num mesmo registro, samba, forró, frevo, toada e reggae se misturam e dão vida ao trabalho de Chico. O DVD é uma coprodução do Canal Brasil e Chita Discos, gravado no Teatro Boa Vista, em Recife, no ano de 2016.

O show é formado pelo repertório do último disco, homônimo, mas também conta com os sucessos de mais de vinte anos da carreira de Chico César. Gledson Meira (bateria), Helio Medeiros (teclados), Ana Karina (contrabaixo), Lívia Mattos (sanfona), Michi Ruzitschka (guitarra) e Escurinho (percussão) acompanham o cantor nesta apresentação.

Sobre o disco

Como Secretário de Cultura, Chico César passou muito de seu tempo em seu estado natal, a Paraíba. De lá, vieram diversas influências do disco e a explicação para seu título: “Estado de poesia é um estado alterado de dentro para fora, é como vi meu estado de origem e como me vi. O disco tem um lado A, que fala mais das coisas internas, do amor pela moça que veio morar em São Paulo comigo, uma paraibana. As músicas têm a ver com isso tudo. E tem um lado B que é um olhar mais social, pra fora, pro mundo”, fala o cantor.

Num breve “faixa a faixa”, a jornalista, escritora e pesquisadora francesa Dominique Dreyfus, amiga de Chico César há anos, explica o álbum:

“O amor dá asas ao Chico, sua consciência de cidadão lhe dá garras para denunciar o racismo endêmico no Brasil (“Negão”), os limites da liberdade (“Miaêro”, num ritmo que relembra a morna caboverdeana), a mercantilização da vida (“Guru”), o problema da pobreza e da droga (“Sumaré, samba à la Adoniran Barbosa”), a dificuldade de ser gay numa sociedade repressiva (“Alberto, frevo em homenagem a Santos Dumont”) e, única música a não ser exclusivamente do Chico, “Quero viver”, parceria póstuma com o letrista e poeta tropicalista Torquato Neto, que se suicidou em 1972 deixando paradoxalmente essa ode à vida que Chico musicou e arranjou num estilo bem Jackson do Pandeiro”.

Serviço:
Lançamento do DVD Estado de Poesia de Chico César
Dias 8 e 9 de julho de 2017. Sábado, às 21h. Domingo, às 18h
Local: Teatro Paulo Autran (1.010 lugares)
Duração: 90 minutos
Classificação: Não recomendado para menores de 10 anos.
Ingressos: R$ 50,00 (inteira). R$ 25,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 15,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda pelo Portal www.sescsp.org.br e nas bilheterias das unidades do SescSP. Vendas limitadas a 4 ingressos por pessoa.

Sesc Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195.
Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10h às 18h.
Tel.: 11 3095.9400.
Transporte Público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m

Siga-nos no Facebook!

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Chico César lança DVD Estado de Poesia no Sesc Pinheiros | JETSS – SITES & BLOGS

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*