Vídeos ASMR que fazem você relaxar e até dormir

Qual a fórmula para um viral de sucesso? Enquanto muitos buscam a receita ideal, alguns vídeos se tornaram febre na internet de maneira silenciosa, mas por provocarem certas sensações curiosas. São vídeos com imagens aparentemente comuns, mas que pretendem gerar uma sensação de formigamento no cérebro de quem os assiste, chamada de ASMR ou, simplesmente, “orgasmo mental”.

Tal nomenclatura se deve à semelhança da sensação com aquilo que algumas pessoas sentem quando são acariciadas ou demonstram um profundo interesse em algo que veem. E os resultados provocados pelos vídeos podem, realmente, ser percebidos por várias pessoas.

Por exemplo: o que você acharia de um vídeo que mostra uma mulher dobrando guardanapos por 18 minutos? Ou de um grupo de mulheres de unhas feitas batucando em uma mesa? São vídeos como esses que, curiosamente, geram uma sensação extremamente agradável em quem os assiste. E formam uma reação em cadeia quase inexplicável.

Além de muito buscado no Google e no YouTube, o termo ASMR (Resposta Meridional Sensorial Autônoma) começou a ser difundido por quem assiste aos vídeos, tem um orgasmo mental e quer passar a experiência para frente. O que se sente é algo semelhante a um calafrio ou mesmo um formigamento do couro cabeludo. Quem sente, diz que é algo extremamente agradável, que chega inclusive a ser relaxante.

Quer experimentar?

Quem inventou a reação em cadeia causada pelo ASMR? Aliás, quem inventou essa nomenclatura e essa sigla? Tudo ainda permanece como um mistério e ainda não há nenhum artigo ou explicação científica por trás dos experimentos, das causas ou dos efeitos.

Para entender melhor como funciona o orgasmo mental, separamos alguns canais de youtubers brasileiras que tem milhares de seguidores e visualizações. Então coloque os fones e faça você mesmo o teste:

Canal – Sweet Carol

Canal – Gaúcha ASMR

Canal – Monique Antoneto

Via Portal Canaltech

 

Siga-nos no Facebook!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*